Valença,19/04/2014
 
Reconhecida pelo Decreto Federal nº 73.470, de 16/01/1974
APRESENTAÇÃO DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

         Ao longo de 40 anos de história, a Faculdade de Medicina de Valença (FMV) graduou 3.353 profissionais que atuam em diversas regiões do país, baseando-se em fundamentos da vida acadêmica que sempre correspondem às normas vigentes estabelecidas pelo Ministério da Educação. A partir de 07 de novembro de 2001, com a publicação da Resolução CNE/CES n˚ 4 instituindo as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina, a FMV se deparou com uma nova realidade político-pedagógica, visando atender as demandas da sociedade brasileira no âmbito da saúde pública e educação superior na área de saúde, bem como as mudanças promovidas pelo Ministério da Educação no que tange à regulação e avaliação dos cursos superiores no País. Uma reforma curricular tornou-se obrigatória para adequar o perfil do Médico formado pela instituição.

        O presente Projeto Pedagógico foi formulado com a participação direta do corpo docente e discente do Curso de Medicina do Centro de Ensino Superior de Valença com o objetivo principal de contribuir para o estabelecimento de um elevado padrão de ensino. Sendo assim, são aqui apresentadas as definições pedagógicas e institucionais básicas que direcionam os esforços desenvolvidos na gestão acadêmica do Curso.

         Acadêmicos, professores e funcionários foram incentivados a fazer um diagnóstico da realidade da FMV e sugeriram diversas atitudes potencialmente capazes de transformar a vida acadêmica da instituição.  A partir deste momento, com diagnóstico estabelecido, a direção da FMV reformulou o Núcleo Docente Estruturante (NDE) e constituiu uma Comissão de Reforma Curricular composta por representantes de diversos segmentos da instituição.

         O novo projeto pedagógico da FMV constitui um direcionamento das atividades acadêmicas e descreve um conjunto de capacidades e atitudes a serem desenvolvidas durante o curso de graduação em Medicina que compreendem dimensões cognitivas, valores pautados na consciência ética e condicionamento de habilidades psicomotoras necessárias para a formação do médico generalista.

         A reforma proposta por este projeto pedagógico fortalece a capacidade da instituição de modificar a realidade social através da indução da formação acadêmica valorizando o desenvolvimento cognitivo de competências, entendidas como habilidades, atitudes, reforçando o papel da atuação do futuro médico como agente transformador da qualidade de vida da população brasileira, valorizando as atividades de promoção de saúde.  Particular atenção foi direcionada para as atividades preventivas e inserção do acadêmico na realidade da saúde pública brasileira.

         Os conhecimentos das diversas áreas de atuação do médico serão sempre transmitidos com base na necessidade de formarmos profissionais generalistas capazes de resolver os principais problemas de saúde da população brasileira no âmbito da prevenção, diagnóstico e tratamento, conforme a Resolução CNE/CES nº 4.

         O incentivo à iniciação científica e busca de aplicação de novas tecnologias no desempenho das atividades de formação clínica é uma preocupação constante, visando formar um profissional com perfil acadêmico crítico e voltado para a utilização de novas abordagens diagnósticas e terapêuticas.

        Finalmente, temos como outra missão primordial, por meio do despertar da consciência social, promover a humanização da relação entre o exercício da profissão com a população assistida. Portanto, o foco principal da FMV, como centro de produção, aplicação e disseminação de saber técnico-científico na área de saúde tem como finalidade a formação de profissionais com um perfil acadêmico alicerçado no desenvolvimento intelectual, técnico, ético-comportamental e sócio-cultural relevantes para a inserção do profissional de saúde na sociedade desempenhando suas atividades como parte do exercício de cidadania.

        Romper o paradigma da formação em áreas de especialidade e modelo de ensino médico hospitalocêntrico é o nosso maior desafio, por isso, o Projeto Pedagógico de Curso (PPC) é centrado em um processo problematizador do aprendizado, colocando o aluno em contato, desde o primeiro período, com a lógica das ações existentes nas Unidades de Saúde da família e comunidade.

        Além disso, este PPC encontra-se focado na interação ensino/prática, tendo como campo de atuação o Sistema Público de Saúde local, utilizando as Unidades Básicas de Saúde e Estratégias de Saúde da Família como ponto de desenvolvimento das práticas acadêmicas. O foco principal da formação do aluno é a realidade em que atuará, com espírito crítico e aberto para os avanços do conhecimento e das tecnologias, tendo, como base fundamental, a visão clínica, responsabilidade social, princípios éticos e compromisso com a promoção de saúde do paciente e do meio aonde virá a ser inserido como profissional.

         O estabelecimento de um documento com a abrangência aqui encontrada facilita a coesão dos esforços empreendidos na gestão do Curso. As prioridades estabelecidas nos planejamentos anuais, os critérios de seleção de professores, os parâmetros de definição de ementas das disciplinas, os investimentos em pesquisa e extensão e as práticas pedagógicas adotadas pelos professores são exemplos de questões diretamente afetadas pelo Projeto.

        A instituição acredita que um Projeto Pedagógico fundamentado e legitimado por ampla participação em sua formulação contribui decisivamente para o alinhamento sistêmico de definições como essas, evitando-se, assim, a dispersão de esforços. Outro importante papel que o Projeto Pedagógico desempenha está no fato de que ele proporciona um amplo conhecimento sobre os fundamentos pedagógicos e institucionais nos quais está estabelecido o Curso.

        Concluida em abril de 2009, a presente versão reflete, naturalmente, as características e necessidades do contexto atual da cidade, da instituição e da comunidade acadêmica. Revisões e atualizações posteriores são necessárias, para que sejam garantidas a pertinência e a adequação das definições aqui adotadas.

         Esse Projeto representa, enfim, um guia seguro de nossos esforços para a construção de um Curso adequado às expectativas de nossa comunidade acadêmica e da sociedade na qual a instituição está inserida.

 

a
Fundação Educacional D. André Arcoverde - Centro de Ensino Superior de Valença
Rua Sargento Vítor Hugo nº 161 - Bairro de Fátima - Valença - RJ
Telefone: (24) 2453-1888 - CEP: 27600 - 000